FACULDADES MILTON CAMPOS

NÚCLEO DE MONITORIA

Ao NUMO compete a gestão de atividades de monitoria, incluindo a realização de processo seletivo, bem como o acompanhamento das atividades, por meio de relatórios periódicos.

 
Professor(a) Responsável: Me. Lucas Salles Moreira Rocha
 

DOCUMENTOS

Quadro de horários dos Monitores do 2º/2017
REGULAMENTO – NUMO 

Art. 1º – Tendo por finalidade disciplinar as atividades de monitoria estabelecidas na legislação vigente, as regras constantes deste Regulamento integram o conjunto normativo que disciplina a pesquisa, extensão e as atividades complementares que se realizam na Faculdade de Direito Milton Campos.

Art. 2º – As atividades de monitoria objetivam auxiliar o processo de aprendizado, a promoção da pesquisa institucional e a realização de atividades de extensão no âmbito da Faculdade.

Art. 3º – O Núcleo de Monitoria (NUMO) é composto dos seguintes membros efetivos, nomeados pela Diretoria, para mandato de 04 (quatro) anos:

I – Coordenador;

II – Vice-Coordenador.

Art. 4º – Ao Coordenador compete:

I – Representar o NUMO junto a outros órgãos da Faculdade de Direito Milton Campos;

II – Deliberar, em conjunto com o Vice-Coordenador, sobre os objetivos específicos da monitoria na Faculdade;

III – Avaliar a necessidade de criação de novas vagas de monitoria ou desmembramento de vagas que atendam a mais de uma disciplina, encaminhando pedido de nova bolsa à Diretoria da Faculdade.

IV – Promover a seleção dos estudantes-monitores, nos termos da resolução própria;

V – Fiscalizar o adimplemento dos deveres do estudante-monitor, previstos no estatuto próprio;

VI – Indicar professores da graduação para atuar como orientadores dos estudantes-monitores;

VII – Participar da Semana de Iniciação Científica (SIC), garantindo a cooperação de todo o corpo de monitores no evento;

VII – Decidir, em conjunto com o Vice-Coordenador, a requerimento do orientador de monitoria, sobre pedido de afastamento definitivo de monitor inadimplente, ou que tenha agido de modo a causar prejuízo à Faculdade, no exercício da monitoria;

IX – Resolver os casos omissos e urgentes.

Art. 5º. Ao Vice-Coordenador compete substituir o Coordenador nos casos de impedimento, ausência ou por delegação deste.

Art. 6º. O orientador da monitoria deve ser professor da graduação, vinculado a projeto institucional de pesquisa, individual ou coletivo, aprovado pelo Núcleo de Pesquisa (NUPE).

Art. 7º. O estudante-monitor deve desenvolver atividades de pesquisa, em auxílio e por determinação do professor orientador, nos termos da regulamentação do NUPE, devendo apresentar os resultados na SIC.

Art. 8º. Anualmente serão apresentados relatórios sobre as atividades da monitoria, incluindo atendimento a alunos e pesquisa, neste último caso, nos termos do Regulamento do NUPE.

Art. 9º – Os horários de atendimento da monitoria e os temas de pesquisa desenvolvidos pelos monitores, com a supervisão de seus respectivos orientadores, deverão ser inseridos, para fins de divulgação, no site da FDMC na internet, após aprovação pelo NUMO e pelo NUPE, respectivamente.

Art. 10 – Cabe ao NUMO auxiliar na realização da SIC, em conjunto com os demais Núcleos, com a participação de toda a comunidade acadêmica.

Art. 11. Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação do NUMO.

Art. 12. Esta resolução entra em vigor no dia 07 de agosto de 2008.

Profa. Lucia Massara
Diretora da Faculdade de Direito Milton Campos
Confira a Resolução de Monitoria
Confira o Edital de Monitoria – 2019/1
COMPROMISSO DO MONITOR
 
No exercício de sua função, o Monitor deverá cumprir as seguintes determinações:
 

1 – Apresentar-se ao Núcleo de Monitoria, para assumir suas funções, na data designada pela Coordenação de Monitoria, após a publicação do resultado final do concurso;

2 – Participar das reuniões com a Coordenação da Monitoria, mediante convocação;

4 – Manter atualizados, junto à secretaria do Centro de Extensão, todos os seus dados pessoais (email, telefones, endereço);

5 – Cumprir o plano de trabalho aprovado pela Coordenação, agindo de acordo com a regulamentação de sua atividade (resolução, regulamento, edital, vigentes);

6 – Propor horários de atendimento que efetivamente tornem sua monitoria disponível aos alunos dos dois turnos, sou seja, dividir proporcionalmente os seus horários de atendimento entre o fim das aulas da manhã e início das aulas da tarde. Para isto, observar:

b) os dias em que os alunos regulares do(s) período(s) por sua monitoria têm aulas no terceiro horário, evitando sobrepor o horário de monitoria aos horários das aulas regulares; (ex: se sua monitoria é de Civil I, disciplina oferecida, no currículo regular, no 2º período, e os alunos tiverem aulas de uma outra disciplina do 2º período na quinta e na sexta-feiras, não oferecer a monitoria entre as 11h e 12h40 destes dias);

7 – Registrar os atendimentos efetuados, nos formulários próprios oferecidos pela Coordenação da Monitoria;

8 – Atuar na organização e acompanhamento de seminários, debates, conferências e outras atividades de extensão vinculadas ao departamento de sua disciplina e a outros departamentos, em razão da naturesa interdisciplinar das mesmas. Observe-se que o tempo despendido no exercício de tais atividades não será contabilizado no horário semanal do monitor, uma vez que se trata de atividades eventuais ou sazonais;

9 – Auxiliar os alunos, orientando-os não somente nas atividades de estudo, mas atambém de pesquisa, na formação de grupos de estudo, dentre outras que o próprio monitor vier a propor;

10 – Entregar até o dia 19 de cada mês, o relatório mensal assinado pelo orientador, detalhando suas atividades desenvolvidas durante o mês segundo modelo fornecido pela Coordenação de Monitoria, sob pena de suspensão da bolsa;

11 – Exercer carga horária de 10 (dez) horas semanais, estipuladas pelo monitor e sob autorização expressa do orientador e ciência da Coordenação de Monitoria, sendo 03 (três) horas dedicadas à pesquisa e aprofundamento da matéria, sob orientação do professor orientador e em consonância com a metodologia estabelecida pelo Núcleo de Pesquisa (ver site);

12 – Comunicar, previamente e por escrito, ao Centro de Extensão, qualquer mudança de horário ou impossibilidade de comparecimento em dia de atividade, assinalando a data e horário em que a reposição será realizada, também fazendo constar a informação no relatório mensal subsequente;

13 – Exercer as atividades da monitoria até o dia seguinte àquele designado para a prova especial da respectiva disciplina;

14 – Portar-se cordial e eticamente, valorizando o exercício de sua atividade e comprometendo-se a contribuir para o seu aprimoramento contínuo e para a excelência da extensão universitária.

FIQUE POR DENTRO

SAIBA O QUE IRÁ ACONTECER

Fique por dentro de todos os acontecimentos, novidades, últimas notícias e eventos das Faculdades Milton Campos.

BIBLIOTECA

O sistema das bibliotecas das duas Faculdades Milton Campos é dos mais completos do Brasil com acervo superior a 70 mil livros e interligado on line aos principais bancos de dados e de publicações do mundo.

TORNE-SE UM ALUNO

Agora, quem quiser estudar em uma das melhores faculdades do país, pode fazer a inscrição utilizando a sua nota do ENEM. O processo é simples.